Os Calendários Romanos como Expressão de Etnicidade

Afastando-nos das discussões relacionadas com o conceito de Romanização, pretendemos neste artigo demonstrar que os calendários romanos podem ser considerados como um atributo identitário da sociedade romana. Por outro lado, também expressam a cultura política que se desenvolveu durante o período republicano, baseada nas relações do tipo patriarcal, as quais se consolidaram com o desenvolvimento do poder pessoal militar em torno da figura do Princeps.

Este conteúdo é apenas para associados Assinatura Mensal e Assinatura Trimestral.
Conecte-se Cadastre-se